sábado, 7 de janeiro de 2017

Conteúdo: Comparação direta

Objetivo:   Fazer os alunos perceberem quando é possível fazer uma comparação direta (aproximar o que se quer comparar ) e quando precisamos de um terceiro elemento para ser o intermediário na comparação.

Hoje, vamos jogar. O que você acha da ideia?

Atividade 1 - "Quem levanta, ganha! "
Para esse jogo, vocês vão trabalhar em grupos e cada grupo vai ganhar:
• um barbante
• um círculo (anexo 2)
• uma caixa
• um objeto

Quando os grupos estiverem formados e com o material a mão, devem prestar atenção para as orientações que a professora vai dar.
■ Cada grupo deve levantar o barbante bem esticado para que os outros grupos possam ver seu comprimento.
■ O grupo que tiver o barbante mais comprido deve se levantar. Os demais permanecem sentados. O grupo que se levantou ganha um ponto.
■ Agora é a vez do círculo. Todos os grupos levantam o círculo.
■ O grupo que tiver o menor círculo deve se levantar e ganha um ponto. Os demais permanecem sentados.
■ Dessa vez, vamos brincar com a caixa. Todos levantam as caixas.
■ O grupo que tiver a caixa maior deve se levantar e ganha um ponto. Os outros grupos permanecem sentados.
■ Levantem, agora, o objeto que cada grupo tem.
■ O grupo que tem o objeto mais pesado deve se levantar e ganha um ponto.
Os demais permanecem sentados.

Agora, todos deverão colocar seus materiais (barbante, círculo, caixa e objeto) na sacola que a professora trouxe. Vamos misturar tudo e começar novamente?

Atividade 2 - Dê um palpite.
Vocês ainda vão continuar em grupos para essa atividade. Prestem atenção no que a professora vai mostrar e o que ela vai perguntar.

Vejam os objetos:
a) um lápis e uma caneta
Qual dos dois vocês acham que é mais comprido? _______________

b) duas bolas
Qual das duas vocês acham que é mais pesada? ________________

c) duas tiras de papel
Qual das duas vocês acham que é mais larga? __________________

d) dois bastões
Qual dos dois vocês acham que é mais grosso? _________________

e) uma jarra e uma garrafa
Em qual das duas vocês acham que cabe mais líquido? ___________

Como fazer para ter certeza da resposta?



Agora, cada grupo vai dizer o que respondeu e ouvir o que os outros responderam.

Atividade 3
Ainda em grupos vamos resolver essa questão.
a) Observe no "mapa" o caminho que Luís faz para ir até a casa de sua avó e o caminho que ele faz para ir até a casa de sua prima.

Hoje ele precisa decidir quem visitar, se sua avó ou sua prima, mas está cansado, e quer escolher o caminho mais curto.
Mas aí é que está o problema: ele nunca tinha comparado os caminhos! E agora, como resolver só olhando o mapa? Será possível? Vamos tentar ajudar?

Converse com seu grupo e veja se encontra uma solução para saber qual é o caminho mais curto. Anote aqui o que vocês acham que é preciso fazer para compará-los.
_________________________________________________________
_________________________________________________________

b) Agora, queremos comparar outras coisas.
Diga como é possível fazer a comparação em cada caso:
1) a largura da porta do armário e da porta da sala;
_______________________________________________________
_______________________________________________________

2) a altura da porta e o comprimento da mesa da professora;
_______________________________________________________
_______________________________________________________
3) o comprimento da lousa e da janela.

_______________________________________________________
_______________________________________________________

Uma pequena conversa para encerrarmos a aula de hoje...
Você percebeu que, às vezes, não podemos aproximar os objetos que queremos comparar. Por isso, foi preciso usar um terceiro objeto para compararmos a medida dos outros dois.





PROGRAMA GESTÃO DA
APRENDIZAGEM ESCOLAR
GESTAR I
MATEMÁTICA
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 1
NÚMERO NATURAL:
CONCEITO E REPRESENTAÇÃO
2007
Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Conteúdo: Identificação e comparação de características de elementos.

(A proposta desta aula é levar o aluno a perceber quando a comparação de características é possível e quando não é. Quando possível,quais características podem ser comparadas,observando)

Hoje, nós vamos começar a falar sobre comparação.
Você sabe o que é comparar?
Sabe quando podemos fazer comparações?
Para respondermos a essas perguntas, nesta aula e nas próximas nós vamos fazer algumas atividades.
Pronto para começar?

Você está recebendo o folheto de ofertas do Mercado Margarida

Atividade 1

(Converse com os alunos sobre os produtos que estão anunciados, dando explicações sobre os menos conhecidos. Em seguida, dê alguns minutos para que façam o registro da atividade.

Observando os produtos desse folheto, anote coisas que são vendidas em:

a) embalagens de papel ______________________________________________

b) latas ___________________________________________________________

c) sacos plásticos ___________________________________________________

d) vidros __________________________________________________________

e) embalagens plásticas ______________________________________________

Atividade 2

(O objetivo dessa atividade é levar o aluno a buscar na memória embalagens com as mesmas características das embalagens observadas no folheto de ofertas. Estimule a discussão em grupos e socialize as respostas.)

Você se lembra de outros produtos que podemos comprar em
a) embalagens de papel ?
_________________________________________________________________________________

b) latas ?
_________________________________________________________________________________

c) sacos plásticos ?
________________________________________________________________________________

d) vidros ?
________________________________________________________________________________

e) embalagens plásticas ?
________________________________________________________________________________

Atividade 3
(Além de escolherem as embalagens parecidas, incentive os alunos a explicarem o que essas embalagens têm de semelhante.)

Escolha, no folheto, produtos que têm embalagens parecidas.
Anote aqui os produtos que você escolheu.
_________________________________________________________

_________________________________________________________

Explique para seus colegas em que essas embalagens são parecidas.
_________________________________________________________

_________________________________________________________

_________________________________________________________

Podemos perceber, com essas atividades, que para comparar as embalagens, tivemos que observar suas características, aquelas coisas que são próprias do objeto que estamos olhando. Também podemos comparar pessoas, observando as suas características.

Atividade 4


(Essa atividade é um jogo de observações de semelhanças e diferenças. Antes de explicar como é o jogo, escolha, além dos dois alunos, outros dois para que sejam os “juízes” das observações feitas.
Os demais deverão trabalhar em duplas ou trios.
Quando uma dupla ou trio apontar uma semelhança e uma diferença entre os alunos que estão na frente, os “juízes” deverão dizer se concordam ou não (nesse caso, professor, seja o mediador da discussão, para não haver parcialidade nas decisões dos “juízes”).

A professora vai escolher dois alunos, que deverão se colocar à frente da classe para serem observados e outros dois alunos que serão os "juízes".
Os demais vão trabalhar em duplas ou trios. Observem com atenção as semelhanças e diferenças entre os seus dois colegas que estão ali na frente.
Cada dupla ou trio, na ordem em que a professora indicar, vai falar uma semelhança e uma diferença entre eles.
Não vale falar características que já foram citadas por outro grupo. Sai da brincadeira o grupo que não conseguir falar uma semelhança ou uma diferença entre os dois colegas.

Atividade 5


Para encerrarmos esta aula, é necessário sintetizar as discussões em relação às características que podemos comparar entre dois ou mais objetos.
O objetivo é levar o aluno a perceber que em (a), a diferença está no comprimento; em (b), está no “tamanho”, na superfície do tapete; em (c), na quantidade de água que cabe em cada uma; em (d), no peso das duas embalagens.
Após essas conclusões, pergunte, por exemplo: “Dos produtos anunciados no folheto que vocês receberam, mostrem algum que seja parecido com uma das embalagens de café do item (d)” etc.


Olhe o desafio que a professora da outra classe inventou! Ela quer que cada um de seus alunos escreva como é possível diferenciar:

a) dois pedaços de barbante

b) dois tapetes com a mesma estampa

c) duas caixas de água

d) duas embalagens de café

Ajude os alunos da outra classe e escreva aqui como você faria essa atividade.

a) _______________________________________________________

b) _______________________________________________________

c) _______________________________________________________

d) _______________________________________________________



Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.
PROGRAMA GESTÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR
GESTAR I
MATEMÁTICA
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 3
MEDIDAS E GRANDEZAS
Brasília 2007

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Texto Informativo X Texto Literário

Professor, o objetivo dessa atividade é incentivar a percepção das diferentes características do texto informativo e do texto literário.

Duração aproximada: 60 minutos

Sugerimos as seguintes etapas:

Preparando...
Cada aluno precisará de:
• uma caixa de lápis de cor
• uma folha de atividades
• lápis e borracha
Providencie revistas, jornais, livros didáticos diversos, livros de literatura infantil (contos, fábulas etc).

Motivando os alunos...
Leve para sala uma cumbuca ou uma cabaça. Recorte tirinhas de papel e escreva várias perguntas. Dobre as tirinhas e guarde-as dentroda cumbuca ou cabaça. Invente várias perguntas, ou sobre o que
foi estudado recentemente ou perguntas genéricas, por exemplo:

Quantas letras tem o seu primeiro nome?

 Fale o nome de um animal que comece com a primeira letra do seu nome.

Qual é a sua cor favorita?

 Qual é o seu brinquedo favorito?

 Qual foi o último livro que você leu?

Quantas palavras tem o seu nome completo?

Quantas letras tem o nome do seu pai?

Quantas letras tem o nome da sua mãe?

Escolha um colega da sala, fale o nome dele e o nome de uma fruta que começa com a mesma letra do nome dele.

 Escolha uma menina da sala, fale o nome dela e o nome de uma cor que comece com a mesma letra do nome dela.

 Diga o nome de três objetos que começam com a letra M.

 Fale o nome de três personagens de história em quadrinhos.

Escreva uma palavra no quadro que tenha cinco letras.

 Escreva uma palavra no quadro que tenha duas sílabas.

Cite o nome de um colega que tenha duas sílabas.

Os alunos devem formar duplas. Um aluno deve sobrar nessa brincadeira. Se o número de alunos for par, participe também.
Coloque uma música. Enquanto estiver tocando, os alunos devem dançar em pares. Quem sobrou passa a cumbuca para um colega e dança com o par dele. Cada aluno que ficar com a cumbuca
faz o mesmo: passa a cumbuca para um dos colegas e toma o lugar dele para dançar. Quando a música parar, quem tiver com a cumbuca deve tirar uma pergunta e respondê-la.
Se acertar, volta para a brincadeira, se errar, sai. Cada vez que o número de alunos for par, a professora entra ou sai.

Iniciando...
Leituras:
Separe a turma em duplas. Entregue a cada aluno uma cópia dos textos e das atividades e peça que leiam. Um aluno lê primeiro o texto “Macaquinho muito raro” enquanto o colega lê “O macaco
e a cumbuca”. Quando terminarem, dê alguns minutos para que eles contem sobre o que leram para o seu colega de dupla. Depois, escolha uma dupla para falar sobre os textos para toda a turma.
Terminando essa parte, eles vão ler o texto que ainda não leram. Quem leu o primeiro texto lê o segundo e quem leu o segundo tem de ler o primeiro.

Desenvolvendo...
1. Vamos fazer uma lista de semelhanças e diferenças entre os textos. A participação dos alunos é importante. Escreva no quadro o que eles falarem. Cada um copia na sua folha as sugestões da turma, completando as suas listas.

2. Peça como tarefa de casa ou dê em sala livros, revistas e jornais para que escolham um texto informativo e um texto literário. Eles devem completar com as informações pedidas. Depois têm de fazer o mesmo com um texto literário.

Terminando...
Separe um mural da sala. Divida-o em dois. Entregue revistas,jornais e livros para cada dupla. Peça  que copiem um texto informativo e um literário para expor no mural.

Adaptando...
- Selecione outros textos informativos e literários e faça um jogo com a turma. O grupo que dividir os textos no mural, em tempo menor, ganha. Coloque um grupo de cada vez para executar a tarefa.

- Escreva com a turma um jornalzinho de sala, contando o que aconteceu ultimamente.

- Entregue um jornal para cada turma e peça que encontrem 2 textos informativos e dois textos de ficção (eles podem encontrar poemas e tirinhas).



Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.
PROGRAMA DE APOIO A LEITURA E ESCRITA PRALER
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 5
A ALEGRIA DE LER E APRENDER
2007





Contos de fadas - Trabalhando com um texto pequeno

Professor, o objetivo dessa atividade é preparar a turma para a leitura de um texto pequeno e desenvolver a escrita.

Duração aproximada: 90 minutos

Sugerimos as seguintes etapas:

Preparando...
Cada grupo de alunos (sete grupos) precisará de:
• uma caixa de lápis de cor
• uma folha de cartolina
• lápis e borracha
• uma folha pautada
Cada aluno precisará de uma folha de atividades, lápis e borracha. Preparar fichas para o Jogo Verdadeiro-Falso. Escreva em pequenos papéis orações verdadeiras e falsas. Tente escrever orações sobre os contos tradicionais que você já tenha lido para os alunos ou que eles já conheçam. Coloque as fichas dentro de um saco ou uma caixa.

Motivando os alunos...
Sente com os alunos em círculo. Passe a caixinha ou saquinho para o aluno ao seu lado. Ele tira uma das fichas e lê em voz alta. Ao final, todos perguntam: Verdadeiro ou falso? Ele responde e explica a sua resposta. Se acertar, todos batem palmas, se errar, paga uma prenda.
Exemplos de orações (História dos três porquinhos)
O lobo soprou a casa dos carneirinhos.
(falso, a casa era dos porquinhos)
O porquinho da casinha de palha fugiu para a casa do seu irmão.
(verdadeiro, pois a casinha dele foi destruída)
A menina ajudou os porquinhos a despistar o lobo.
(falso, pois não havia menina na história)
Dependendo da turma, o grau de complexidade das orações pode ser maior ou menor.

Iniciando...
Divida a turma em sete grupos. Dê para cada grupo uma cartolina branca grande e os materiais sugeridos acima (preparando...).

Escreva o nome das histórias abaixo em pedacinhos de papel e sorteie uma para cada grupo.
1. Alice no País das Maravilhas
2. Branca de Neve e os Sete Anões
3. Cinderela
4. Chapeuzinho Vermelho
5. O Gato de Botas
6. A Bela Adormecida
7. João e Maria
O grupo deve desenhar e escrever a história, da forma que quiser, contando a história e ilustrando-a. Deixe o grupo desenvolver a forma que desejar (em quadrinhos, com desenhos e textos embaixo,
só desenhos e o texto separado, desenhos e explicações...). O importante é que eles façam em grupo e que todos participem. Se ninguém conhecer a história, sente e conte para eles. Se possível, leia todas as histórias para a turma antes dessa atividade.
Cada grupo apresentará, oralmente, o seu cartaz para a turma, contando a história com auxílio do cartaz. Incentive a participação de todos.

Desenvolvendo...
Entregue para cada aluno a folha de atividades.
Diga para fazerem a leitura silenciosa do texto. Comente o texto.
• Por que o título da história é “Uma história atrapalhada”?

• Quantos personagens aparecem na história?

• Peça que eles circulem ou pintem o nome das personagens. Eles já conhecem as personagens?

• O que aconteceu na história?

• Onde as personagens estavam?

Terminando...
Leia as perguntas 1, 2, 3 e 4 para os alunos. Eles devem responder as perguntas individualmente. Depois, cada um lê a sua resposta para a turma. A última pergunta pode ser feita em duplas.

Adaptando...
Reserve um momento da aula para a leitura dos contos de fadas.
Separe vários livros de contos de fadas para a turma.
Pode-se preparar uma sala com várias atividades, deixando que cada aluno escolha uma atividade diferente. Exemplos:
1. cantinho de fantoches para recontar os contos de fadas;
2. mesa com papéis divididos em quadrinhos para que as crianças recontem os contos de fadas em história em quadrinhos;
3. mesa de criação de outras histórias com os personagens dos contos de fadas tradicionais (Escreva o nome de vários contos de fadas e deixe exposto na mesa);
4. mesa de criação de novos contos de fadas, com personagens inventados pelos alunos.







Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.
PROGRAMA DE APOIO A LEITURA E ESCRITA PRALER
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 5
A ALEGRIA DE LER E APRENDER
2007

terça-feira, 12 de julho de 2016

Atividade: Rimas

Professor, a atividade 1 tem como objetivo desenvolver no aluno a capacidade de reconhecer os sons semelhantes – rimas.

Duração aproximada: 1 hora

Sugerimos as seguintes etapas:

Preparando...
Separar, para cada aluno: uma folha de atividade, lápis e borracha. Dividir a turma em grupos de quatro e providenciar, para cada grupo, uma caixa de lápis de cor e fichas com as rimas em destaque.

Motivando os alunos...
Faça para cada aluno uma brincadeira com o seu nome, usando uma rima. Exemplo: Gabriela adora cozinhar na panela, Beatriz é uma menina muito feliz, João adora comer feijão. Escreva em um cartaz todos estes versos com o nome dos alunos, sempre destacando o nome e a palavra que rima com ele. Pergunte se eles perceberam alguma coisa diferente.

Iniciando...
Se os alunos perceberem que o som das duas palavras (do nome e da palavra que rima com ele) é semelhante, elogie-os e fale que eles vão ler um texto com palavras que também combinam no som final.
Leia No rodízio e converse sobre o texto com os alunos:
- Vocês sabem o que é rodízio?
- Quem já foi ou já ouviu falar de rodízio em churrascaria?
Peça para que os alunos discutam, em seus grupos, o que é rodízio.
Dê uma folha em branco e peça que cada grupo anote suas definições, com palavras ou desenhos. Depois cada grupo apresenta para a turma a definição feita. Se algum grupo acertar a definição, comente com a turma.
Se os alunos não souberem nada sobre o assunto, explique e dê exemplos de como funciona um rodízio.

Desenvolvendo...
Pergunte aos alunos quais as palavras do texto que combinam no som final. Conforme eles forem falando, mostre as fichas com os pares de rimas em anexo. No final, pergunte se perceberam alguma semelhança entre os pares. Eles devem perceber que as palavras terminam com as mesmas letras.

Terminando...
Faça a atividade de completar o texto com rimas junto com os alunos. Pergunte e depois escreva a resposta no quadro.
Resposta: lua/nua/rua/sua;
bala/sala/fala/mala;
pão/mão/são/cão

Adaptando...
Entregue para os alunos uma folha com uma palavra e peça que eles escrevam várias outras palavras que rimem com a que você forneceu. Faça uma competição entre grupos de alunos.
Exemplo: Mala (palavra escrita na folha). Eles podem formar: bala, cala, fala, sala, ....)
Depois de trabalhar a estrutura do poema, eles podem fazer outro utilizando as rimas encontradas.



Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC. 
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte. 
PROGRAMA DE APOIO A LEITURA E ESCRITA PRALER 
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 1 A DESCOBERTA DA LEITURA E DA ESCRITA BRASÍLIA 2007

ADIVINHAS



Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.
PROGRAMA DE APOIO A LEITURA E ESCRITA PRALER
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 1
A DESCOBERTA
DA LEITURA E DA ESCRITA
BRASÍLIA
2007

Atividade – Ilustrar em seqüência e contar a história (Elementos da narrativa: ação, personagens, seqüência temporal) e ambiente

Professor, essa atividade tem por objetivo desenvolver a expressão oral, usando os elementos da narrativa: ação, personagens, seqüência temporal e ambiente, ordenando as idéias.

Duração aproximada: 90 minutos

Sugerimos as seguintes etapas:

Preparando...
Separe, para cada aluno: as folhas de atividade, lápis, lápis de cor, cola e tesoura.

Motivando os alunos...
Coloque as crianças sentadas em círculo. Conte uma história que aconteceu com você, recentemente.
Sugestão:
Ontem, quando estava passeando com meu cachorro Totó, um gatinho de rua passou pela nossa frente. O meu cachorro saiu correndo atrás do gatinho e, como estava preso na coleira, me arrastou com ele. Ele correu em volta do parquinho todo e o gatinho, finalmente, conseguiu se
esconder sem que Totó a visse. Finalmente, cansados, eu e meu cachorro voltamos para casa.

Iniciando...
Entregue para cada aluno as folhas de atividade. Depois, peça que contem algo que aconteceu com eles, só que com desenhos. Eles devem ilustrar em ordem, seguindo as setas e números.

Desenvolvendo...
Depois que todos desenharem, volte para o círculo. Peça para que eles contem a história, oralmente, mostrando os desenhos para todos da turma.

Terminando...
Coloque as histórias criadas pelos alunos no mural. Esses desenhos também servem para fazer sondagem com os alunos. (dê um papel pautado para eles e peça que escrevam a história da maneira como souberem.

Avaliando...
Cole as folhas de atividade em ordem. Observe se os alunos desenharam a história em seqüência lógica (início, meio e fim) e se eles a contaram de forma clara.

Adaptando...
Para alunos mais adiantados, peça para que eles desenhem a história e depois escrevam sobre cada ilustração.
Outra atividade é confeccionar livros com os alunos, pedindo que façam somente ilustrações, uma em cada página, contando uma história que eles já conhecem. Quando terminar a atividade, ajude-os a colocar título, autor e ilustrador. Faça uma exposição dos livros.

Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.
PROGRAMA DE APOIO A LEITURA E ESCRITA PRALER
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 1
A DESCOBERTA
DA LEITURA E DA ESCRITA
BRASÍLIA
2007

Atividade – Ordenar as figuras e contar a história (Elementos da narrativa: ação, personagens, seqüência temporal e ambiente )

Professor, essa atividade tem como objetivo desenvolver a expressão oral, usando os elementos da narrativa: ação, personagens, seqüência temporal e ambiente.

Duração aproximada: 1 hora

Sugerimos as seguintes etapas:

Preparando...
Separe, para cada aluno: uma folha de atividade, lápis de cor, cola , tesoura e papel em branco.

Motivando os alunos...
Leia um livro de imagens para os alunos. Deixe que também participem, ajudando a contar a história.
Sugestões:
A Árvore que Virou Palito, de Rosângela Quinaud, Editora Dimensão.
Minha Casa, de Duayer, Editora Callis.
Viajante, de Duayer, Editora Callis.
O Gato Viriato, de Roger Mello, Ediouro.
Viriato E O Leão, de Roger Mello, Ediouro.

Iniciando...
Entregue para cada aluno a folha de atividade. Peça que eles cortem e colem, em uma folha em branco, na ordem correta.

Desenvolvendo...
O aluno pode acrescentar alguma coisa no desenho para completar a história, se ele desejar.

Terminando...
Peça que cada aluno conte a história para a turma. Explique para todos que eles deverão descrever o lugar e dar nomes às personagens.

Avaliando...
Observe se os alunos colocaram os desenhos na ordem correta e se contaram a história descrevendo o ambiente e dando nome às personagens.

Adaptando...
Dê para cada aluno uma folha com três quadros e coloque uma figura no quadro do meio. Peça para os alunos desenharem o que aconteceu antes e depois, em seguida contar a história.
O professor pode produzir diversos conjuntos de histórias sem texto, em quadros seriados, colados em cartolina, para trabalhar com a turma em conjunto, pedindo que os alunos:
1) Descrevam cada quadro;
2) Contem a história;
3) Reordenem para depois contar.


Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.
PROGRAMA DE APOIO A LEITURA E ESCRITA PRALER
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 1
A DESCOBERTA
DA LEITURA E DA ESCRITA
BRASÍLIA
2007

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Atividade: Narrativa pessoal

Professor, o objetivo dessa atividade é desenvolver a expressão oral dos alunos, incentivando-o a contar uma história pessoal.

Duração aproximada: 1hora e 30minutos.

Sugerimos as seguintes etapas:

Preparando...
Monte um livro para cada aluno: faça uma capa de cartolina e coloque cinco folhas com os títulos: minha história, meus amigos, eu sou assim, a minha família, meus brinquedos preferidos, um dia especial. 
Separe, para cada aluno: livro, lápis e borracha. Para facilitar o uso do material e a sua movimentação em sala, divida a turma em grupos de quatro e providencie, para cada grupo, uma caixa de lápis de cor ou giz de cera.

Motivando os alunos...
Professor, leia para os alunos o texto Recado de Fantasma, de Flávia Muniz. Você pode escolher um fantoche para contar a história de um menino, fazendo com que a aula fique mais interessante e tornando mais real a narrativa em primeira pessoa. Converse com eles sobre o texto.

Faça perguntas:
- Quem contou a história?
- Onde aconteceu a história?
- Como era o lugar?
- Quem participou da história?
- Vocês gostaram do final?
- Na opinião de vocês, quais foram as explicações sobre fantasmas que os
meninos leram nos livros da biblioteca?

Iniciando...
Distribua um livro, lápis, borracha para cada aluno. Peça para que cada um escreva o seu nome na capa. Se for preciso ofereça a ficha do nome do aluno.

Desenvolvendo...
Explique para os alunos que eles também contarão uma história. A história será sobre a vida deles, como eles são, onde moram, quais são os seus brinquedos prediletos, sua família e seus amigos e sobre um dia especial. Primeiro eles farão os desenhos para depois contar para os colegas, mostrando os desenhos.

Terminando a atividade...
Por último, peça para os alunos contarem a história desenhada no livro, um por um. Você pode escolher dois ou três alunos por dia para que não fique cansativo.

Avaliando...
Observe o comportamento dos alunos ao se apresentarem, se eles falaram com facilidade ou se foi necessário ajudá-los com perguntas.

Adaptando...
Para os alunos que já escrevem, a atividade pode ser feita da mesma forma, pedindo que eles desenhem e escrevam em cada página do livro. Depois, eles podem ler o que escreveram. Além de desenhos, as crianças podem trabalhar com colagens e com fotografias, se possível.
Os livros confeccionados pelos alunos podem ser expostos em feiras de livros, feira cultural ou de ciências. É interessante fazer uma tarde de autógrafos para valorizar o trabalho dos alunos.



Todos os direitos reservados ao Ministério da Educação - MEC.
Qualquer parte desta obra pode ser reproduzida desde que citada a fonte.
PROGRAMA DE APOIO A LEITURA E ESCRITA PRALER
ATIVIDADES DE APOIO À APRENDIZAGEM 1
A DESCOBERTA
DA LEITURA E DA ESCRITA
BRASÍLIA
2007

terça-feira, 21 de junho de 2016

UNIDADES DE MEDIDA

Objetivo
Aprofundar e ampliar conhecimentos acerca do Sistema Internacional de Unidades – SI.

Unidades de medida

Atividade 1
O texto discute a preferência do público pela compra do pão francês por peso em vez da compra pela unidade. Consumidor prefere comprar pão por peso

a) Você conhece a medida padrão estipulada pelo Inmetro para o pão francês? Qual é?

b) Um padeiro escreveu em um anúncio: “Pão francês 50 dag”. Avalie se esse estabelecimento está cumprindo as normas do Inmetro.

Atividade 2

a) Discuta com o seu professor a respeito das diferentes unidades de medida de massa e
complete o quadro abaixo:



b) Outra unidade de medida muito utilizada por todos nós em nossas ações do dia-a-dia é o litro. Mas será que podemos expressar esta medida de capacidade como medida de volume? Procure informações, discuta com seus familiares e professores e indique esta relação, exemplificando as unidades no quadro a seguir:


c) Um consumidor que comprou 1 milímetro cúbico de leite pensando estar comprando 1 litro teve vantagem ou desvantagem nesta compra?